Exposição Mônica Nador+JAMAC+Paço Comunidade abre no Paço das Artes

No dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, o Paço das Artes abre a exposição Mônica Nador+JAMAC+Paço Comunidade. Com entrada gratuita, o evento terá shows de Miguel Nador e Leonardo Mumu, além de um desfile com roupas criadas para o espaço expositivo. Confirme presença no evento do facebook.

JAMAC_ok

A mostra é resultado de oficinas colaborativas de estêncil realizadas em parceria com a artista visual Mônica Nador, o JAMAC (Jardim Miriam Arte Clube) e o Paço Comunidade (projeto concebido em 2013 por Priscila Arantes, diretora e curadora do Paço das Artes).

Durante o 2º semestre de 2014 as participantes da oficina na Associação Metodista Livre Agente: Adriana Maria Alves, Barbara Harumi Watanabe, Dona Baixinha, Gracineide Silva Dias, Joana Nunes de Souza, Maria Cecília A. da Nóbrega, Maria José dos Santos G. Jesus, Neusa Ferreira Costa, Neuza Silva Rego, Rita Akinaga Cordeiro e Stephanie Batista criaram estampas que foram transformadas em roupas pelo designer têxtil Renato Imbroisi.

A exposição apresentará também padronagens do acervo de atividades arte-educativas do JAMAC, a ação “Paredes Pinturas”, desenvolvida pela artista desde seu mestrado, e uma mostra de vídeos com curadoria da cineasta Thais Scabio.

Segundo Mônica Nador, o título da mostra nasceu com o convite do Paço das Artes por sua trajetória de 10 anos com o JAMAC, organização sem fins lucrativos que fundou na zona sul de São Paulo. “O ateliê segue aberto fomentando o desenvolvimento sócio-artístico na periferia e pretende consolidar a estamparia como o meio de sustentabilidade do projeto”, completa.

De acordo com a artista, o acervo de padronagens é rico em motivos que vão desde os geométricos, passando aos étnicos até os infantis e o processo de criação das estampas parte sempre dos mesmos princípios: os participantes são estimulados a desenhar objetos concretos com os quais têm alguma ligação afetiva, relacionados ao seu cotidiano.

O Paço Comunidade é uma ação que visa criar um diálogo entre a instituição e seu entorno, em especial, o bairro Jardim São Remo. Trata-se de um projeto de formação em arte, ministrada por um artista contemporâneo convidado, que culmina em intervenções na comunidade ou no Paço das Artes.

“Convidamos Mônica Nador – referência na área de arte/ comunidade – para o desenvolvimento de oficinas semanais realizadas na Associação Metodista Livre Agente – Girassol, localizada na comunidade São Remo. Esta ação foi pensada com o objetivo de trazer o resultado da atividade para espaço expositivo em 2015”, explica Priscila Arantes.

Saiba mais sobre o Paço Comunidade

O projeto conta com a parceria do programa Aproxima-AÇÃO (da Pró-reitoria da USP) e da Associação Metodista Livre Agente (ONG localizada no Jardim São Remo). “A ação surgiu no sentido de o Paço das Artes poder contribuir na formação em arte contemporânea de um público muitas vezes carente nesta área” afirma Priscila Arantes. Nas edições anteriores, o programa recebeu a participação de artistas como Anderson Rei, que ministrou uma intervenção urbana, e Alberto Tembo, que convidou os participantes a realizar uma obra-jogo.

Saiba mais sobre o JAMAC

O JAMAC – Jardim Miriam Arte Clube é um ateliê de arte, espaço de formação e biblioteca aberta à comunidade do Jardim Miriam, na zona sul de São Paulo. Desde 2004 atua com ações artístico-culturais como a capacitação de jovens e adultos por meio da técnica de pintura em estêncil, intervenções em espaços públicos nas periferias e fomento à realização audiovisual visando possibilitar a prática da arte e da cultura como elementos estruturantes da sociedade.

Fundado pela artista visual Mônica Nador, a partir do seu mestrado “Paredes Pinturas”, defendido na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP), o JAMAC é um espaço de arte-educação consolidado na região. O projeto é caracterizado por pinturas murais realizadas em diversas comunidades onde a artista e sua equipe de arte-educadores ensinam aos moradores a técnica de pintura com estêncil partindo do desenho de cada participante. A ideia é que os moradores tragam os seus repertórios locais e registrem as suas referências imagéticas nos muros.

Através de parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, em 2012 o JAMAC implantou um núcleo de estamparia para confeccionar peças em tecido e papel. A estrutura do ateliê conta com equipamentos de serigrafia e busca realizar uma produção têxtil em escala.

Mônica Nador + JAMAC + Paço Comunidade
Abertura: 25 de janeiro de 2015 >> domingo >> 15h
Show Miguel Nador >> 16h
Desfile >> 17h
Show Leonardo (Samba de raiz) >> 18h
Visitação: até 22 de março de 2015

Por Juliana Vieira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s